Ricardo dos Santos fala das "fake news"

por Joao Moraes Filho — publicado 21/02/2018 18h20, última modificação 21/02/2018 18h29
Jornalista usou a tribuna para dar dicas de como combater as notícias falsas que circulam pela internet

A rede mundial de computadores trouxe inegáveis benfeitorias para todos, inclusive, de forma indireta, para aqueles que ainda não a utilizam. O acesso rápido a informação, as infinitas possibilidades de comunicação e a aproximação, mesmo que virtual das pessoas, são apenas algumas das grandes conquistas que a internet trouxe a partir da popularização de seu uso.

Porém, apesar de todo o lado positivo, o fácil acesso permitiu que muitos problemas surgissem haja vista que tanto pessoas de boa índole como criminosos podem facilmente criar perfis. As fraudes bancárias e a proliferação de vírus que roubam informações privadas dos usuários têm sido problemas a serem resolvidos desde que o primeiro servidor comercial foi colocado no ar. Porém, agora, um outro grande problema tem surgido com força, as chamadas fake news, ou do português, notícias falsas.

O intuito principal dessa prática é a distribuição deliberada de desinformação e boatos que visam enganar os leitores e, em muitos dos casos, prejudicar diretamente pessoas a fim de obter ganhos financeiros ou políticos, usando do artifício de manchetes sensacionalistas, exageradas e evidentemente falsas para chamar a atenção do máximo possível de espectadores.

E foi com o intuito de mostrar aos vereadores e munícipes toda a problemática que a atenção e o compartilhamento das fake news podem trazer a comunidade que o jornalista Ricardo Santos, do portal Clicka Imbituba, usou da tribuna da Câmara de Vereadores na última segunda-feira, durante a Sessão Ordinária.

Apesar do curto espaço de tempo, Ricardo apresentou uma série de noticias mentirosas que vêm sendo espalhadas durante a história da comunicação mundial, causando, entre outros problemas, a difamação através de calúnia, na maioria dos casos, de cidadãos de bem.

O jornalista falou também da presença on-line dos Vereadores e disse não ter encontrado registro do envolvimento nem positivo nem negativo dos edis imbitubense em notícias falsas, porém, destacou a importância da prevenção e de uma legislação que possa coibir essa prática, principalmente no período eleitoral.

Segundo o Vereador Eduardo Faustina da Rosa, é importantíssimo uma atenção melhor das autoridades sobre a repercussão que as noticias falsas acabam alcançando.

"Precisamos resguardar os cidadãos de bem e deixar claro que não aceitamos em hipótese nenhuma que pessoas anônimas possam desvirtuar ou mesmo fantasiar situações exclusivamente para prejudicar as pessoas". Ressaltou o Vereador.